brand-top

Sexta, 26/02/2021

65 – Bastidores do mercado de rapel comercial

Abordamos os bastidores do mercado de rapel comercial. Sua popularidade, e os riscos que estão por trás dessa atividade de...

65 – Bastidores do mercado de rapel comercial

Compartilhe

  1. Como o rapel surgiu?
  2. O que é rapel positivo e rapel negativo?
  3. Qual é a complexidade da execução de um roteiro de rapel?
  4. Como pesquisar sobre as empresas de turismo de aventura?

O difícil (e arriscado) mercado de rapel.

Apresentamos o Rapel e suas práticas comerciais

Dados do Ministério do Turismo registram que 19% do total de turistas que visitam o Brasil apontam o Ecoturismo e o Turismo de Aventura como motivação central de sua viagem.

A procura pelos esportes de aventura vem crescendo cada vez mais entre os turistas. Suas motivações se baseiam na busca de uma experiência com excitação extrema e sentimento de emoções fortes. Uma das atividades mais procuradas é o rapel. 

No episódio de hoje nós apresentaremos o que rola nos bastidores do mercado de rapel comercial no Brasil. Sua popularidade, e os riscos que estão por trás dessa atividade de aparência simples.

Falamos sobre a responsabilidade que os condutores de rapel e as empresas de turismo de aventura devem ter com a manutenção dos equipamentos, conhecer o local da prática, identificar quais as expectativas e características de cada praticante. Os condutores devem estar aptos para guia a prática, sendo necessário curso de primeiros socorros por exemplo, caso aconteça algum acidente eles dominarão a situação.

Evitando uma série de consequências que pode deixar a prática comprometida. Priorize a informação sempre, pesquise sobre o guia, sobre a empresa que vai te levar para a prática. Não pense somente nas fotos lindas que você vai registrar. Lembre-se que é sua vida que está em jogo.  

Ainda sobre rapel

O Rapel é uma atividade vertical composta por cordas e materiais próprios, geralmente praticada ao ar livre em montanhas, prédios, paredões, cachoeiras, etc.  Pode ser conhecido também como recolhimento de equipamentos na escalada. Existem alguns tipos de prática do rapel, um deles é quando os pés têm contato com a parede durante a descida, sendo chamado de técnicas de Rapel Positivo. Já o Rapel Negativo ocorre quando é praticado em vãos livres, onde não há contato dos pés com a parede.

É importante ressaltar que para a operacionalização do rapel é necessário técnica, planejamento e atenção. 

Antes mesmo do processo de montagem é recomendável o instrutor conhecer o turista. Quanto mais conhecimento sobre a pessoa, maior a chance de assertividade no momento da prática para cada participante. É sempre ideal ter uma conversa com o cliente, onde o instrutor possa informar os procedimentos que serão realizados durante a atividade. 

Em seguida todos os passos técnicos são realizados, como o nó na corda, a checagem dos equipamentos e a formação da equipe, entre outros

E aí sim, inicia-se a prática do rapel! 

Essa atividade, por mais simples que pareça, envolve aspectos consideravelmente relevantes. A empresa prestadora de serviço tem a responsabilidade de checar aspectos sobre gestão de segurança e qualificação de seus profissionais. 

Atualmente existem muitas empresas que não se preocupam em garantir que seus profissionais possuam a qualificação necessária para a prática do rapel. Esses, por muitas vezes não saberiam como ajudar uma pessoa que possa se acidentar em um trajeto. É dever do prestador de serviços entender as normas técnicas brasileiras e estar sempre com sua documentação em dia.

Por outro lado, o turista deve ser crítico e buscar sempre produtos confiáveis e se certificar das avaliações que foram dadas por outros participantes do mesmo serviço.

Para os participantes  

Para o melhor aproveitamento do cliente é necessário se atentar a alguns erros comuns que podem acontecer. Caso você seja iniciante na atividade dê preferência a vestimentas direcionadas para a prática de atividades físicas. Lembre-se de levar repelente e protetor solar. Lanches leves e água são essenciais também.

Na hora de praticar a atividade, certifique-se que suas pernas estão abertas na largura de seu ombro para ter um pouco mais de base e utilize sua mão após o freio para travar e equilibrar o equipamento.

Busque por empresas confiáveis e qualificadas para realizar o rapel, assim você evitará desconfortos e possíveis acidentes. Com empresa certificada, equipamentos corretos e locais seguros, as chances de riscos dentro dessa atividade se tornam pequenas.

Planeje e se divirta com o rapel!


Comentado no episódio:

Participação no podcast da “Escola do Podcast”

https://www.youtube.com/watch?v=T7HSNOdtONc&t=3s

Participação no Montanha Cast:

https://blogdescalada.com/censo-de-montanhismo-o-que-precisa-saber-para-participar/

Podcast “Eu Não acredito!” da Rede Geek

https://redegeek.com.br/2021/02/08/eu-nao-acredito-049-escalada/

Episódios Férias Vivas:

https://vcnatrilha.com.br/sobrevivendo-as-ferias-nt38/

https://vcnatrilha.com.br/ferias-vivas2-debates-sobre-seguranca-em-turismo-53/  


Participe conosco.

  • Para colaborar com o crescimento do nosso podcast, compartilhe esse post ou o episódio nas redes sociais e grupos de mensagens. Fazendo-o pelo instagram, marque nosso perfil @natrilhapc e use a tag #natrilheiros Assim fica mais fácil de te achar e interagir contigo, ok?
  • Quer completar alguma coisa? Tem sugestão de temas? Manda um e-mail pra gente. Vale até uma selfie.
  • Lembre-se: Use a tag #NATRILHEIROS para acharmos suas postagens nas redes sociais.
  • Diz pra gente de onde você é, sua idade e qual esporte (ou atividade) você pratica (ou não).


Participantes do programa de hoje:

  • Renan Alves
  • Redi Siqueira
  • Raphael Rainer

Colabore com o Natrilha Contribua com o Natrilha pelo PicPay. Contribua com o Natrilha pelo Padrim.


Padrinhos e Madrinhas (separados por categorias):

Guia de Aventura: João Alberto Binda Destemidos Filipe Careli, Marcelo Sobata, Thiago Waldhelm. Desbravadores João Olavo Vasconcelos.


Busque o Natrilha nos agregadores:

Natrilha no Deezer – Clique aqui

Natrilha no Spotify – Clique aqui


Grupo Telegram do Natrilha. Acesse e participe:

Entrar no Grupo Telegram – Natrilha


Nosso e-mail: natrilhapc@gmail.com