NaTrilha #17- Cozinha Outdoor

nt17_1400

O NaTrilha de hoje vai te apresentar mais uma forma de preparar seus alimentos em qualquer lugar. Dessa vez a sua cozinha será a céu aberto e/ou no meio do mato. Saiba como fazer sucesso com sua comida não importa qual prato seja servido. E para não passarmos fome, convidamos Redi Siqueira, Samir Reis e Luciano Fernandes. Marque e indique esse episódio para os amigos que adoram cozinhar.

Saiba como escolher seus ingredientes e deixar seus parceiros de trip satisfeitos, sem passar mal, relevar até mesmo um pouco de terra no molho. Aprenda a montar sua fogueira e como descobrir técnicas de manter o fogo aceso e mate sua fome de conhecimento.

Tire o iogurte da sua mochila, tome cuidado com o lobo e compartilhe esse episódio. Se fizer pelo Facebook, não esqueça de deixar o compartilhamento em modo “Público”, ok? Assim poderemos falar seu nome durante a leitura de emails.

Quer completar alguma coisa? Tem sugestão de temas pra gente? Ainda ficou na dúvida ou quer simplesmente concorrer ao prêmio “Joinha”? Manda um e-mail pra gente. Vale até uma selfie.

Não esqueça de dizer de onde você é, sua idade e que esporte pratica (ou não)

Diga-nos o que achou desse programa. Seu feedback é importante para nós.

Para pular a seção de leitura de e-mails e comentários, pule para 19 minutos e 35 segundos.


Participantes do programa de hoje:


Comentado durante o programa:

Xorume Podcast (Podcast do Douglas e Wesley)

xorume

Revista Blog de Escalada (site do Luciano)

header2015

Tourcast (Podcast do Samir)

tourcast

Ovo de mil dias

image2 size_810_16_9_pidan

Pão de Caçador

pao_de_cacador img_0009

Espiriteira

images-1 images

Tá na Mesa Cast – Episódio #12 – Culinária Bizarra


Padrim

Contribua com o NaTrilha pelo Padrim. Saiba como.

Padrinhos e Madrinhas.

– Daiana Almeida


Grupo Telegram do NaTrilha.

Acesse e participe:

Entrar no Grupo Telegram – NaTrilha


NaTrilha no iTunes:

Não deixe de nos classificar e deixar seu comentário. Clique no link abaixo

NaTrilha no iTunes


Agradecimentos:

Rafael Fonseca, Pétrus David, Daiana Almeida, Fábio Murakami, Raul Lucena, Carolina Faustini, Eduardo Rangel, Pedatrilhos, Rafael Henrique e Rogério Miranda.


Nosso e-mail:

natrilhapc@gmail.com

  • Pingback: NaTrilha #17- Cozinha Mateira – Podflix - Podcast()

  • Este Na Trilha me deu fome, e me lembrou de quando acampava e tinha apetite por qualquer coisa que estivesse a mão (respeitadas as proporções).

    Aliás, já comi um ovo secular (na verdade, um ovo “semanar”) que foi enterrado em papel alumínio com vinagre e orégano, pra esconder o gosto de ovo que o diabo amassou. Não curti, mas com a fome que o povo estava…

    Já comi também cobra, jacaré e javali, mas o mais estranho mesmo foi quando acampei em uma praia de Guaratiba (RJ) e fizemos miojo fervido com tatuís catados na praia (com areia e tudo, delícia).

    Ótimo episódio, curti muito. Abração a todos(as). 8)

    • Caramba! Não esperava que alguém fosse comentar que comeu o ovo centenário. Tatuís? Menos ainda.
      Você é um cara que de fome não vai morrer. Kkkkk
      Obrigado pela participação e continue nos ouvindo. Um grande abraco.

  • O que me impressiona em certos pratos(nos caso do tema), é como chegaram por exemplo que um ovo, que suponho que alguém tenha perdido nas cavernas, achados tempos depois poderia ser comido..

    • Também me pergunto isso mas acredito que a necessidade faz a ocasião, né? De repente um cara com muita fome achou, mandou pra dentro e como não morreu… aceitaram. Rsrs

  • Jorge Augusto

    Renan, Lucia… Parabéns pelo episódio, me deu até água na boca! O que eu acho uma pena é que vocês morem no Espírito Santo, porque eu adoraria experimentar pegar um final de semana e ir fazer uma trilha com vocês. E aí eu poderia dizer, faço uma trilha com os integrantes do Na Trilha! haha

    Abraço e parabéns pelo episódio, eu me rachei com a trilha kkkkk

    • Pode vir, Jorge. Com certeza teremos muitas trilhas para visitar. Um grande abraço

  • Pingback: XORUMELAS 02 – AQUELE DO NaTRILHA | XORUME()

  • Pingback: XORUMELAS 02 – AQUELE DO NaTRILHA – Podflix - Podcast()

  • Pétrus Davi

    Olá Renan e Lucia, tudo bem?

    Primeiramente eu queria pedir um grande pedido de desculpas pela demora de ter demorado tanto para comentar aqui. Mais uma vez o final do semestre pesou para o meu lado e tive que, de novo, ter que levar o TCC nas costas, espero que no próximo eu tenha um pouco mais de ajuda. Espero não demorar tanto para comentar nos próximos porque eu realmente tenho muita coisa atrasada.

    Agora sobre o episódio, eu nunca pensei que a cozinha mateira pudesse ser algo tão simples e que existem soluções ainda mais simples para problemas que as vezes encontramos no cotidiano. o ovo de mil dias realmente me interessou (sem duplo sentido por favor Renan hehe) mas a aparência dele é algo que de fato pode afastar um pouco quem não está acostumado.

    Eu não sei se vocês conhecem, mas apesar da aversão ao miojo que alguns convidados apresentaram, eu quero apresentar uma variação do miojo, que não tem nome, mas que aprendi vendo minha tia fazer e que realmente fica delicioso depois de pronto. As vezes quando quero comer um miojo diferente, eu quebro um ovo dentro enquanto ele está cozinhando, de quebra eu coloco um pouco de tempero completo pra acompanhar, mas como acredito que vocês não levam isso, umas fatias de cebola devem servir, acho que vale fazer o teste.

    No mais, bom episódio e abraços pessoal! 🙂

    PS: Eu queria agradecer demais pelo prêmio joínha desse episódio, estava no ônibus ouvindo ele e quando ouvi esse pedaço, eu fiquei muito feliz heheh

    • Pétrus, em casa eu faço miojo exatamente assim. Jogo ovo e tempero diretamente na panela. Todo mundo adora. Quanto ao prêmio, foi merecido. Bons estudos aí e continue participando conosco.