NaTrilha #21 – Alta Montanha

nt21_1400

O NaTrilha de hoje vai te apresentar uma aventura em alto nível. Recebemos dois escaladores de montanha em alta altitude para nos apresentar como são as suas expedições.

Saiba como fazer para se aliviar em temperaturas abaixo de zero, descobrir que até mesmo uma lata de leite condensado pode ser muito útil quando se menos espera, vigiar seu carro para ele não congelar e tudo isso sem entrar em nenhuma fria. Compartilhe esse episódio. Se fizer pelo Facebook, não esqueça de deixar o compartilhamento em modo “Público”, ok? Assim poderemos falar seu nome durante a leitura de emails.

Quer completar alguma coisa? Tem sugestão de temas pra gente? Ainda ficou na dúvida ou quer simplesmente concorrer ao prêmio “Joinha”? Manda um e-mail pra gente. Vale até uma selfie.

Não esqueça de dizer de onde você é, sua idade e que esporte pratica (ou não)

Diga-nos o que achou desse programa. Seu feedback é importante para nós.

Para pular a seção de leitura de e-mails e comentários, pule para 23 minutos e 55 segundos.


Participantes do programa de hoje:


Comentado durante o programa:

– Publicação do Blog Meio&Mensagem citando o NaTrilha: Blog Meio&Mensagem
– Entrevista do Renan e Lúcia no programa Alguma Coisa Cast
– Participação do Renan no Conversa Nerd e Geek – 37 
– Participação do Renan no Conversa Nerd e Geek – 38
– Saiba onde os convidados deste episódio estão nesse momento: ONDE ESTAMOS
– Site Gente de Montanha
– Loja Alta Montanha – (com entregas para todo os Brasil)
– Programa ClimbCast

 

 


Padrim

Contribua com o NaTrilha pelo Padrim. Clique aqui e saiba como.

Padrinhos e Madrinhas.

– ANA LUIZA KARAN, DAIANA ALMEIDA, GIOVANI SOUSA, PAULO VICTOR NOVAES

Grupo Telegram do NaTrilha.

Acesse e participe:

Entrar no Grupo Telegram – NaTrilha


NaTrilha no iTunes:

Não deixe de nos classificar e deixar seu comentário. Clique no link abaixo

NaTrilha no iTunes


Agradecimentos:

Tenista em Ação, Brodah Dah Hackah, Valdair Cordeiro, Franklin Silva, Carolina Faustini, Parque Aventuras Petar, Samir Sell, Patricia Silva, Adriana Almeida, Edivaldo Formigoni, Paulo Brust, Jose Marques Porto, Máguido Estano, Mochilando Com Elas, Rafael Pelissari, Thais Oewel, Roberto Calabria, Luciano Silva Santos, Karina Oliani, Fabio Murakami e João Olavo de Vasconcelos

Agradecimento por contribuir na edição do áudio deste episódio: Alexandre Gomes – Sr.A


Nosso e-mail:

natrilhapc@gmail.com

  • Pingback: NaTrilha #21 – Alta Montanha – Podflix - Podcast()

  • Olá! Já ouvi duas vezes o episódio. Hehe.. Incrível como um esporte tão radical e que exige tanto da capacidade física e mental seja tão fascinante! Parabéns aos bravos Renan Cirilo e a Lagartixa de Rimel – Lucia Conrado. Acertaram na mosca com os participantes. Belo trabalho!

    • É muito verdade isso, Tenista. Eu terminei esse cast com vontade de pegar um vôo e partir pros Alpes dos Andes o mais rápido possível. E se você também ficou assim, nosso objetivo foi alcançado. Agora é planejar a viagem logo, né? Simbora?

  • Yuri Motoyama

    Estou curtindo demais o cast de vcs! Parabéns!!!
    Ouvindo o comentário do Pedro e do Jovani sobre a preparação para altitude eu me lembrei de um tema que há um tempo atrás eu pesquisava por conta própria que era preparação física para trekking em altitude. É muito interessante e existem treinamentos específicos para certas adaptações fisiológicas que podem tornar a aclimatação muito menos sofrida. Coisas que incluem desde exercícios para musculatura respiratória até melhorar o metabolismo aeróbio de forma geral. Uma das melhores experiências que tive na vida foi quando fiz a trilha inca para Machu Picchu e senti na pele os efeitos de se “exercitar” em um ambiente com baixa pressão de O2. Isso pq não chegava nem na metade da altitude que eles comentaram aí no cast. Muito legal mesmo…

    Agora uma dúvida? Quando vcs falam o termo “escalar” montanha significa estar agarrado a parede da montanha como uma lagartixa (rs) ou simplesmente ir ganhando altitude (seja por trilha, carro, ou pelo climb mesmo).

    Abração e parabéns!

    • Grande Yuri. Existem variadas modalidades de escalada e no nosso caso, quando mencionamos, é sim utilizando equipamentos para ascensão: cordas, mosquetões, estribos… Por aí vai. (ainda gravaremos um programa avançado de escalada). Respondi sua pergunta?
      Agora essa questão de aclimatação rende um cast só pra ele. Machu Picchu é um lugar mágico e todos que vão pra lá dizem que voltam diferentes. É verdade? Um grande abraço.

      • Yuri Motoyama

        Entendi sim!
        Cara, eu tenho uma “regra de vida” que é nunca repetir um lugar que viajo ou uma trilha, MAS Machu Picchu é um dos ÚNICOS lugares que eu voltaria e repetiria tudo de novo. Antes, eu pensava bem diferente do que agora, era mais ligado em espiritualidade e tudo mais. Hoje sou mais cético, porém mesmo assim a sensação de fazer a última curvinha e ver a cidade toda lá ao longe depois de 3 dias penando é MARAVILHOSA!! Tá aí uma sugestão de pauta, a trilha inca para MP! Abração

        • Rapaz.. eu tenho uma vontade enorme de conhecer esse lugar. Mas por enquanto é uma realidade distante mas que certamente vou realizar um dia. Será que o NaTrilha vai me levar um dia? rsrs Um grande abraço e está anotada a sugestão. Acho bem viável sim.

  • Jorge Augusto

    Renan, Lucia, parabéns por mais um episódio magnífico. E esse mais ainda, primeiro, por ter tanta instrução para as pessoas que queiram escalar montanhas altas, e segundo (quase nada) foi você, Renan, usar uma das perguntas que fiz no grupo do Telegram, porque eu mesmo tenho rinite e se quiser um dia subir uma montanha dessas, queria saber o que fazer. Lembrando que rinite não é falta de ar, é somente uma reação alérgica a determinado componente, e o meu caso é poeira (dessas de sujeira). Meu nariz fica parecendo uma cachoeira por causa disso.

    Mas detalhes pessoais à parte, seu episódio tá num nível de qualidade excelente! A edição, como você disse que foi parte do Sr. A, é excelente, nem tenho o que dizer. Mas tenho certeza que a trilha musical do Na Trilha quem escolheu foi você, e estou admirado com o seu bom gosto. Cada rock de pegada fenomenal.

    Grande abraço e até a próxima.

    • hehehe… Na verdade foi o inverso, Jorge. A edição das músicas foi do Senhor A e a decupagem foi minha. O bom gosto foi dele, eu só indiquei a pegada e ele trilhou tudo.

      Quanto a sua pergunta, que bom que ficou elucidado. Quem sabe você não numa próxima expedição? anima?

      • Jorge Augusto

        Eu precisaria estar de férias, cara… Mas quem sabe?

      • Jorge Augusto

        Até anima, Renan. O problema é o maldito do vil metal.