NaTrilha #06 – Escalada Básica

NT06_1400b

Dá pra brincar de escalar?
O NaTrilha de hoje fala de Escalada Básica. O esporte praticados pelos hosts e convidados desse programa. E mesmo sendo um esporte tão amplo, tentaremos falar de assuntos básicos em sua maioria. Descubra qual conselho que sua mãe te deu quando criança deve ser usado até hoje e surpreenda-se em saber qual a parte do corpo mais importante durante a prática segura.
Citamos equipamentos, experiências pessoais e recomendamos algumas práticas pra quem quer iniciar nessa paixão que é escalar. Faltou falar de alguma coisa? Ainda ficou na dúvida ou quer simplesmente concorrer ao prêmio “Joinha”? Manda um email pra gente.
Identifique-se e diga-nos o que achou dessa aventura. Ela é super importante pra nós.

Participantes:

  • Redi Siqueira
  • Hermes Thorvalden

Comentado durante o programa:

Grupo Telegram do NaTrilha. Acesse e participe:
Entrar no Grupo Telegram – NaTrilha
Garotinha subindo a geladeira

[youtube id=”ejP-k8cibO8″ width=”620″ height=”360″]

Garotinho subindo a geladeira com carrinho na mão

[youtube id=”Newz2bI-UTs” width=”620″ height=”360″]

Site da FEMERJ com instruções do curso de escalada
CURSOS HOMOLOGADOS
Livro Escale melhor e com mais segurança:

Escale melhor

 


Divulgação:

Podcast Los Chicos

Nosso e-mail:

 natrilhapc@gmail.com

Musica usada no início da conversa:
Artista: Anthorama – Music ID#: 011907071-sports-punk-rock
http://www.pond5.com/pt/stock-music/11907071/sports-punk-rock.html

 

  • Excelente programa!! Eu jamais me aventuraria numa escalada, meu físico não permite isso rs…
    Foi tudo muito bem explicado, e eu que sou leigo em nenhum momento achei técnico demais e nem maçante.

    A edição está muito boa, e gostei muito das músicas escolhidas!!

    Grande abraço, parabéns pelo cast e obrigado por nos divulgar aí no começo!

    • Renan Cirilo

      Rapaz… O mais importante é o psicológico. Se alinhar bem isso você vai longe. Obrigado pela participação no programa e pelo comentário.

  • Muito bom o programa, deu até vontade de fazer uma escalada , parabéns galera.

    • Renan Cirilo

      Obrigado pelo comentário Danilão. Abração.

  • Pétrus Davi

    Olá Renan e Lucia, tudo bem? Este foi um episódio mais bem guiado, e certamente vou fazer com que algumas pessoas o ouVam, mesmo que eu tenha que amarrá-las em uma cadeira e fazê-las ouvir a força haha. Brincadeiras a parte, me identifiquei bastante quando foi mencionado que o espírito da escalada está na força psicológica de cada um pois no basquete e mesmo na maioria dos esportes, a situação é a mesma. Não importa o quanto a pessoa possa ser preparada fisicamente, se na mente ela se sente fraca, não há corpo que suporte tal peso. Sobre recomendações de pauta, tenho muitas, mas nenhuma se encaixa no podcast de vocês. Porém, acho que uma vale mencionar: Que tal um episódio indicando boas escolas que possam ministrar o curso que foi mencionado no episódio? Acho que sera uma boa. No mais, o progresso chegou nesse podcast e parece não ter limite, na verdade tem um limite sim, o céu. Abraços 🙂

    • Renan Cirilo

      Pétrus meu camarada.. conforme o episódio 03, nem o céu está nos limitando, né? kkkk..

      Realmente, acredito que não somente nos esportes mas em tudo na vida é necessário um equilíbrio emocional forte para se manter no foco. Porém nos esportes isso acaba ficando mais evidente.

      Mais uma vez, obrigado pelo feedback positivo e continue nos ouvindo.
      Grande abraço.

  • Excelente podcast, já ouvi dois em sequência e estou curtindo muito.

    Sabem, quando eu era mais novo e não parecia um cosplay do Jabba ambulante, era meio enxerido em me meter em mergulhos (apneia), trilhas e subidas (aliás, subi o pico da Tijuca, na Floresta da Tijuca/RJ duas vezes e tem pedaços de meus pulmões lá até hoje pra provar, estampados nas pedras).

    Mas daí depois fui seduzido pelas lasanhas e cervejas dessa vida bandida, e ferrou com tudo. Hoje em dia tenho sorte quando consigo subir na escada pra trocar uma lâmpada (embora a escada não fique tão feliz assim). Como bom velho que sou, fiquei esfuziante de ouvir isso e pensar “ah, minha juventude…”. Parabéns de verdade.

    O conteúdo foi muito em passado, de forma bem humorada e me pegou pelas cordas, se me perdoam o trocadalho. Já estão em meus feeds e serei visita constante. 8)

    • Renan Cirilo

      Muito obrigado pelo comentário, Pensador Louco. A próxima vez que eu for na Tijuca vou procurar seus pulmões por lá pra trazer de volta pra você, ok?
      Quanto a sedução das lasanhas e cervejas, perceba que em alguns programas, o barzinho é figura importante pra todo atleta brasileiro. Tá no sangue, né? rs

      Fico contente em saber que conseguimos de alguma forma, trazer boas lembranças de sua juventude, mas te garanto que a idade nunca será impedimento para você continuar na nossa trilha. Um grande abraço.